segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Qual deles é você?

Como você lida com a adversidade?

Uma moça queixou-se a sua mãe sobre sua vida e de como as coisas estavam tão difíceis para ela. Ela já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater. Parecia que, assim que um problema estava resolvido, um outro surgia.

Então, sua mãe levou-a até a cozinha. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Logo, as panelas começaram a ferver. Em uma delas, colocou cenouras, em outra, ovos e, na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra. A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ela estaria fazendo.

Minutos depois, ela apagou o fogo. Pegou as cenouras, os ovos e o café, colocando-os em recipientes separados. Virou-se para a filha e perguntou:

- Querida, o que você está vendo?

- Cenouras, ovos e café - ela respondeu.

Ela a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias.

Ela, então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e, depois de retirar a casca, verificou que o ovo endurecera com a fervura.

Finalmente, ela lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao sentir seu aroma delicioso e então perguntou:

- O que isto significa, mãe?

- Cada um destes - a cenoura, o ovo e o café - enfrentou a mesma adversidade, a água fervendo, mas cada um reagiu de maneira diferente. A cenoura, outrora crua e rígida, amolecera e se tornara frágil. Os ovos, antes frágeis, mesmo com sua casca protegendo o líquido interior, tornaram-se firmes e mais resistentes. Já o pó de café é incomparável: depois que o coloquei na água fervente, ele mudou a própria água.

Após profundo silêncio, a mãe prosseguiu:

- Qual deles é você? Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde? Você é a cenoura, o ovo ou o pó de café? Você é como a cenoura, parecendo firme e forte, mas, com a dor e a adversidade, murcha e se torna frágil, perdendo sua força? Ou será que você é como o ovo, começando maleável, mas, depois de sofrer alguma pressão da vida, torna-se dura? Sua "casca" até parece a mesma, mas por dentro, você está dura. Será que você é como o pó de café? Você transforma o meio que a aflige, altera o que está trazendo a dor e oferece algo melhor e mais gostoso do que havia antes da adversidade?

Elas se abraçaram e choraram de alegria por terem uma à outra.

Refletindo

E você, como você lida com a adversidade? Pense nisto. Você é a cenoura, o ovo ou o café?

 Que Deus o faça como o pó de café, que quando as coisas ficam ruins, você possa reagir de forma positiva, se tornando melhor sem se deixar vencer pelas circunstâncias, e fazendo com que as coisas em torno de você também se tornem melhores!

 Que diante da adversidade da vida exista sempre uma luz que ilumine teu caminho e a todas as pessoas que te rodeiam. Para que possas sempre espalhar e irradiar com tua força, otimismo e alegria o “doce aroma do café”

 Para que nunca perca esse cheiro agradável e inigualável que só você sabe transmitir às pessoas.
E transformar a adversidade em algo melhor, amparado por Deus.

  Uma vida não tem importância se não for capaz de imputar positivamente a outras vidas.

(Autor desconhecido)

5 comentários:

Gabriel Pio disse...

Oi,Catarina!Que história legal! O seu blog é muito bonito e cheio de paz. Gostei muito. Meu nome é Gabriel Pio,sou filho da Angela, do blog Nos Passos de Jesus, tenho 7 anos ,mas quem escreve pra mim é minha irmã Joana,de 12 anos do "Pedacinho do Céu". É que eu ainda sou pequeno e estou aprendendo a escrever certo. Ela me ajudou a fazer um blog, onde coloco orações, brincadeiras e outras coisinhas de criança. Mas eu dou ideias, ajudo a escolher as postagens e tudo mais. Acho que você vai gostar do meu bloguinho. Vou ficar muiot feliz com sua visita. Estou levando seu lin k comigo.
Que Deus te ilumine. Abraços do Gabriel

mundodogabriel.blogspot.com

Cláudia de Jesus Pinheiro disse...

Maravilhoso texto!

Que Deus nos dê a graça de sermos café!

Paz de Cristo!

Lurdes da Silva Visintainer Pinheiro disse...

Olá, passando pra dizer que tem promoção no blog, passa lá. Abraços

Angela disse...

Linda história, com palavras de sabedoria e verdade!Que nós sejamos sempre como o café, capazes de transformar o mundo com a força de nosso coração!
Quero também te agradecer pelo imenso carinho com meus filhos Joana e Gabriel. Que Deus a abençoe sempre mais, amiga Catarina!
Beijos no coração,
Angela

camouraneto@hotmail.com disse...

Parabéns Ti Taina! Você é a luz do nosso caminho. Beijos! D A D A.